#simplismo

O caos está tomando conta. Não há ordem. Não há encaixe. Tudo o que consigo perceber é que poucos de nós mostramos nossos sentimentos, quem somos. Não temos voz. Somos poucos. Mas estamos sempre ali, tentando nosso lugar ao Sol.

Deixei a escola moderna, romântica, realista, simbolista ou parnasianista. Deixei de rebuscar algo que precisa ser rústico, simples, tocante.

Quero minha melancolia romântica! Quero meu pessimismo! Quero meu cósmico. Quero minha simplicidade.

Acima de tudo, quero ser livre. Falar meu coração, sentimentos. Não ser julgado pelo tema que escrevo. Não ser julgado.

Ser simples é ser quem sou. Ser simples é ser comum mas ao mesmo tempo complexo. É ser feliz e melancólico. É irradiar a felicidade com o realismo. É viver com liberdade de experimentação.

É apenas ser.

Anúncios